Conheça Mestre Legalzinho e a Associação Cultural Negrim

22/05/2015

10464030_831127653564055_5449525013972383876_n

Weverton Mauricio Ribeiro nasceu no Rio de Janeiro, em São João do Meriti, em 1971. Em 1988, entrou para a Escola de Especialistas da Aeronáutica – EEAR, em Guaratinguetá/SP. Duas vezes por semana, a turma fazia treinos de educação física e se dividiam por modalidades esportivas, Weverton escolheu a capoeira e ali nascia o Legalzinho.

10464030_831127653564055_5449525013972383876_nEm 2002, já morando em São José da Lapa, no Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Legalzinho uniu-se ao seu Mestre Carlinhos Aidê, do Rio de Janeiro e com o Professor Ligeiro, da cidade de Macaé/RJ e formaram o Grupo Capoeira Negrim. Legalzinho foi formado Mestre de Capoeira em 2011 pelo Mestre Carlinhos Aidê e Ligeiro em 2012. Além de treinarem juntos, eles se reúnem para definir as diretrizes do grupo, que hoje conta com duas associações participantes.

Uma delas é a Associação Cultural Negrim que é gerida por Legalzinho e sua esposa, Professora Codorna. Eles são responsáveis por levar a capoeira para mais de 100 pessoas em oficinas no:

  • CRAS no bairro Pedro I, São José da Lapa;
  • Associação de Amigos Projeto Colmeia, no bairro Inácia de Carvalho, São José da Lapa;
  • Comunidade de Dança e Cantos Musicais Vida e Adoração, bairro Célvia, em Vespasiano;
  • Projeto Voo Livre/CERC, em Confins, para crianças indicadas pelas escolas por problemas de hiperatividade, déficit de atenção e agressividade.

10414438_831125406897613_2920115147442995343_nA Associação Cultural Negrim possui também o grupo Quadrilha Junina Mato Ralo, nascido de um desejo dos capoeiristas de São José da Lapa, que já dançavam em festivais de quadrilha, de criar um grupo próprio. Ano passado participaram do Arraial de Belô, maior competição da região. Todo ano realizam apresentações em escolas, clubes e casas de idosos em São José da Lapa e cidades vizinhas.

O projeto de futuro da Associação é uma sede. Eles já possuem o terreno e o projeto. Agora buscam a verba para construírem um espaço onde possam realizam além de treinos e ensaios, as festas que promovem anualmente. Eles realizam no primeiro semestre uma grande Festa à Fantasia com os membros da capoeira e da quadrilha, fazem a Festa Junina e também a festa de encerramento, em dezembro. Uma vez que tenham a sede, planejam ser um Ponto de Cultura em São José da Lapa.

Fotos: Leo Fernando

voltar

Gostou deste conteúdo? Deixe um comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>