Daniela

19/10/2015

IMG_1873

IMG_1873

Você tem que acreditar e se enxergar como um ser transformador, um ser social que pode fazer a diferença em tudo o que você escolher fazer

Meu nome é Daniela, nasci em 23 de setembro de 1988, em Belo Horizonte. Atualmente, moro em Lagoa Santa. Trabalho e tenho formação em duas áreas: Comunicação e Dança.

No meu tempo livre gosto de ler, vou para a orla da lagoa ou para o alto de uma montanha com o meu livro. Também gosto muito de me reunir com meus amigos.

Tem mais ou menos uns quatro anos que conheci a Casa do Saber. Minha tia era quem dava aula de balé aqui e foi assim que eu fui chamada para ser professora de balé aqui. Eu me apaixonei com a forma de trabalho. Estar no meio das crianças é o que eu mais gosto.

Minha relação com a Casa do Saber é de muita confiança e amizade. Eu confio muito no trabalho desta organização social. Tenho muito amor e carinho por todo mundo que trabalha aqui. Profissionalmente estou aqui porque acredito muito na Casa do Saber e que vamos alcançar outros níveis ainda melhores do que é hoje.

Eu acho que colaboro com a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes proporcionando-lhes oportunidade de aprendizagem e desenvolvimento, de forma lúdica e agradável. O orgulho que dá é saber que estamos fazendo a diferença na vida deles.

Frequentar a Casa do Saber contribui para que as crianças e os adolescentes ampliem seus conhecimentos, habilidades e sua rede de relacionamentos. As aulas na Casa do Saber são bem diferentes da escola, que é um “sistema”, em que na minha opinião, precisa ser revolucionado.

Aqui a gente preza muito isso, educar de uma forma diferente, dando espaço para liberar as tensões e ansiedades do dia-a-dia, para depois iniciar a aula, onde elas aprendem a técnica do ballet e nomenclatura que é em francês e também noções de anatomia. O que eu acho mais interessante é esse diálogo, de ouvir os alunos, dar esse espaço para eles.

A minha mensagem para as crianças e adolescentes é: a gente sempre ouve alguém com aquele papo de “acredite nos seus sonhos”. Eu sempre encarei essa frase como algo muito clichê. Agora, com 27 anos, que fui entender que você tem que acreditar e se enxergar como um ser transformador, um ser social que pode fazer a diferença em tudo o que você escolher fazer.

Você também pode contribuir com a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes ajudando a Casa do Saber. Saiba como, entrando em contato!

daniela-montagem

Gostou deste conteúdo? Deixe um comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>